• Conte a sua história ao vento,
    Cante aos mares para os muitos marujos;
    Cujos olhos são faróis sujos e sem brilho.

    Escreva no asfalto com sangue,
    Grite bem alto a sua história antes que ela seja varrida na
    Manha seguinte pelos garis.

    Abra o peito em direção dos canhões,
    Suba nos tanques de Pequim,
    Derrube os muros de Berlim,
    Destrua as cátedras de Paris.

    Defenda a sua palavra,
    A vida nao vale nada se você nao tem uma boa história pra contar.
  • I am a
    Sunflower

    What Flower
    Are You?

  • I AM A SUNFLOWER

    "When your friends think smile, they think of you. There is not a day that goes by that you can't find something good about the world and your fellow human."
  • Do Jeito que Passou, Passou…

  • Dia-a-Dia

    fevereiro 2017
    S T Q Q S S D
    « fev    
     12345
    6789101112
    13141516171819
    20212223242526
    2728  
  • Jeitos que Passaram por Aqui

  • Você está sendo monitorado pela Danny

Faz séculos que não apareço por aqui…

Eu volto… pode deixar… eu volto…

Perto do fim, começamos a pensar no início.” (Sr. & Sra. Smith)

05 de dezembro de 2009

Poesia, mensagens, telefonemas, presentes, beijos, abraços, amigos, crianças. Dia de festa. Meu aniversário. Tudo tão perfeito.
Família reunida, amigos queridos. Meu aniversário.

Arrumei a casa correndo pra receber os amigos, porque Sábado foi um dia agitadíssimo: pela manhã confraternização com o pessoal do trabalho dele – sítio, futebol, piscina, falação… apesar da chuvinha foi tudo ótimo! À tarde, feira de ciência da menor de todas – com direito à apresentação oral e tudo. Lindinha minha filha. Enfim, à noite recebi os amigos em casa. Deu tudo certo, estava tudo gostoso e bonitinho, com direito a bolo feito especialmente para mim, de quem ainda está aprendendo… tudo com muito carinho.

Que engraçado. Lista de nomes na porta de boate já não dá mais. Acho que todos meus amigos estão velhos de mais para essas coisas. Mas eu não desisto nunca. E no dia anterior, Sexta-feira, estávamos lá: eu e ele dançando até o chão no Pampa Grill. Nem preciso falar que pra acordar sábado foi um deus-nos-acuda… Velhinha, tadinha.

Gostoso demais ter amigos para sempre – e que juram que gostam da nossa comida. Gosto ainda mais de uma boa companhia para um vinho, que diz palavras doces e refrescam a alma; de filhos que te abraçam e dizem com os olhos marejados o quanto te ama; de uma pessoínha que não ia lá em casa, mas só foi porque era meu niver; de aproveitar a companhia das pessoas que me querem bem e dar o máximo de mim para elas como se fosse o último momento da minha vida.

Adoro fazer aniversário!
Pena que acabou. Ano que vem tem mais!

Feliz aniversário pra mim!

Nasci dura, heróica, solitária e em pé. E encontrei meu contraponto na paisagem sem pitoresco e sem beleza. A feiúra é o meu estandarte de guerra. Eu amo o feio com um amor de igual para igual. E desafio a morte. Eu – eu sou a minha própria morte. E ninguém vai mais longe. O que há de bárbaro em mim procura o bárbaro e cruel fora de mim. Vejo em claros e escuros os rostos das pessoas que vacilam às chamas da fogueira. Sou uma árvore que arde com duro prazer. Só uma doçura me possui: a conivência com o mundo. Eu amo a minha cruz, a que doloridamente carrego. É o mínimo que posso fazer de minha vida: aceitar comiseravelmente o sacrifício da noite.”

. Clarice Lispector in Água Viva .

É Amanhã

Meu niver

Um bom papo até que a morte nos separe

Ao pensar sobre a possibilidade do casamento cada um deveria se fazer a seguinte pergunta: ‘Você crê que seria capaz de conversar com prazer com esta pessoa até a sua velhice?’ Tudo o mais no casamento é transitório, mas as relações que desafiam o tempo são aquelas construídas sobre a arte de conversar.
(Nietzsche)

Adeus mundinho azul

Adeus Orkut!

Eu gosto muito de Orkut. Gosto mesmo. Aquele mundo azul bebê só me trouxe gente do bem, possibilitou (re)encontros e depois dele nunca mais esqueci aniversários.

Lembro quando criei meu perfil e fui em busca dos velhos amigos e o pessoal todo do 2° Grau estava lá, na comunidade do Colégio. Foi muito divertido ver que alguns possuíam a mesma cara, outros nem tanto… rs

Nunca gostei de bate papo pelo Orkut ou discutir em Comunidades (prefiro discutir e bater papo numa rodada de bar – kkkkkkk). Mas muitas coisas legais me aconteceram por lá.

Porém, nem só de alegria vive o mundo. Fakes e gente non sense não rola pra mim. Então resolvi dar um tempo. Deletei tudin!

A coisa ruim é que não posso mais deixar beijin pros amigos, trocar risadas, escrever bobeiras pro pessoal da família, receber depoimentos fofos e saber o dia do aniversário do pessoal.

Pior também pra quem gostava de acompanhar a novelinha da minha vida.

Mas não tem problema, pode acompanhar por aqui. Mas fique sabendo: ISSO AQUI NÃO É UMA DEMOCRACIA. QUEM MANDA NESSA MERDA AQUI SOU EU! Então: se falar palavrão, fizer coisa feia, xingar o coleguinha, falar mal da Dona do Blog, fazer mal criação ou se meter em confusão… ai, ai, ai… NÃO DEIXO MAIS VOCÊ ENTRAR.

Espero que tenha ficado tudo claro!

Se eu acreditasse em Reencarnação diria que em alguma delas já fui dançarina de cabaré, cantora negra com um vozeirão, ou sei lá… alguma coisa que subisse num palco e ficasse se exibindo, cantando, dançando, todos aplaudindo e adorando.

Porque, tipo assim… I love it!

Atualmente não paro de cantar e “dançar” essa música aqui. (Consegue me imaginar dançando como elas? É sério!)

PEDIDO: Alguém me apresenta a Bê (Beyoncé). Preciso muito ser amiga dela. Muito!

Beyoncé – Ego

Oh baby, how you doing?
You know I’m gonna cut it right to the chase
Some women were made, but me, myself
I like to think that I was created
For a special purpose
You know, what’s more special than you?
You feel me?

It’s on, baby let’s get lost
You don’t need to call into work cause you’re the boss
For real, want you to show me how you feel
I consider myself lucky that’s a big deal
Why? well you got the key to my heart
But you ain’t gonna need it
I’d rather you open up my body
And show you secrets you didn’t know
was inside, no need for me to lie

It’s too big (big)
It’s too wide (wide)
It’s too strong (strong)
It won’t fit (fit)
It’s too much (much)
It’s too tough (tough)
He talk like this ‘cause he can back it up

He got a big ego
Such a huge ego
I love his big ego
It’s too much
He walk like this ‘cause he can back it up

Usually I’m humble
Right now I don’t choose
You could leave with me or you could have the blues
Some call it arrogant, I call it confident
You decide when you find
on what I’m working with?

Damn I know I’m killing you with them legs
better yet them tighs
Matter a fact, it’s my smile
or maybe my eyes
Boy you’re a sight to see, kinda something like me

It’s too big (big)
It’s too wide (wide)
It’s too strong (strong)
It won’t fit (fit)
It’s too much (much)
It’s too tough (tough)
I talk like this ‘cause I can back it up

I got a big ego
Such a huge ego
But he love my big ego
It’s too much
I walk like this ‘cause I can back it up

I, I walk like this ‘cause I can back it up
I, I talk like this ‘cause I can back it up, I, I can back it up, I can back it up
I walk like this ‘cause I can back it up

It’s too big (big)
It’s too wide (wide)
It’s too strong (strong)
It won’t fit (fit)
It’s too much (much)
It’s too tough (tough)
He talk like this ‘cause he can back it up

He got a big ego
Such a huge ego
I love his big ego
It’s too much
He walk like this ‘cause he can back it up

Ego so big
You must admit
I got every reason to feel like I’m that bitch
Ego so strong
If you ain’t know
I don’t need no beat, I can sing it with piano

Ohh ohhhh ohh….